APARTAMENTO COLORIDO NO LEBLON

JULIANA NEVES E MABEL GRAHAM BELL, DO ESCRITÓRIO A3 INTERIORES, ASSINAM ESTE APARTAMENTO COLORIDO NO LEBLON, COM CLIMA DE FÉRIAS, SOB MEDIDA PARA UM CASAL NA FAIXA DOS 35 ANOS (ELE, AUSTRALIANO; ELA, MATO-GROSSENSE), COM DOIS FILHOS PEQUENOS

Localizado no Leblon, este apartamento é a morada de um casal na faixa dos 35 anos (ele, australiano que trabalha com sites; ela médica mato-grossense), ambos apaixonados pelo Rio de Janeiro, com uma filha de 4 anos e um filho de 2 anos. A família já morava neste bairro e passou alguns anos procurando o imóvel ideal nas proximidades do endereço antigo para se mudar e iniciar a obra dos sonhos. Coube às designers de interiores Juliana Neves de Castro e Mabel Graham Bell, do escritório A3 Interiores, a missão de desenvolver um projeto altamente personalizado, que levou 12 meses para ser concluído, entre obra e decoração. O apartamento foi colocado abaixo. A pedido dos moradores, o projeto como um todo precisava traduzir o espírito da cidade, em cores vibrantes, com o máximo de leveza e descontração, e ter clima de férias eternas”, conta Juliana.

Outros pedidos nortearam o desenvolvimento do trabalho. Por exemplo, o australiano solicitou um cooktop embutido na bancada da cozinha voltada para a sala, além de armários inferiores azuis e superiores brancos, com portas e puxadores em estilo mais clássico que lembrassem a casa de seus pais, na Austrália. Também a pedido dele, o hall de entrada foi revestido com um papel de parede cuja estampa reproduz, de forma estilizada, uma floresta repleta de pássaros e macacos. “De imediato, ficamos na dúvida se funcionaria, mas, ao final, a ousadia imprimiu ainda mais personalidade ao projeto”, avalia Mabel, lembrando ainda que toda a decoração do apartamento é nova e cada escolha teve grande participação dos moradores. “O bufê da sala de jantar, com portas revestidas com azulejos modernistas de Athos Bulcão, também foi uma escolha do morador”, acrescenta ela.

Na nova planta, o quarto de empregada foi transformado no banheiro do casal, que solicitou a inclusão de uma banheira. Já o banheiro do corredor foi ampliado para uso das crianças, incorporando dois chuveiros no box, a pedido da mãe. O vão de acesso ao hall que dá acesso aos quartos foi ampliado ao seu limite máximo, deixando apenas os pilares estruturais. “No começo da obra, descobrimos que o piso original do apartamento, escondido sob o piso flutuante, era de taco de peroba-do-campo, e resolvemos recuperá-lo, já que o morador é apaixonado por madeira natural”, lembra Juliana.

Desde o início, o casal solicitou às designers uma marcenaria bem planejada, sob medida para o imóvel, com destaque para a grande estante de madeira (com rack acomplado) na sala de estar com tv, que se estende sob a janela em forma de banco. Já a parede ao lado do móvel, em frente à mesa de jantar, foi revestida com um painel na mesma madeira até o limite do hall de entrada, trazendo mais aconchego ao espaço e equilíbrio nas proporções da marcenaria.

Mesmo com metragem reduzida, o quarto do casal carrega uma atmosfera alegre e “quente”, com destaque para a cortina em tie-dye vermelho alaranjado, tonalidade que se repete na parede atrás da cabeceira e em parte da roupa de cama, que é predominantemente azul. “O aconchego vem do mix de materiais naturais, como a madeira e linho de algodão”, explica Mabel.

Para as designers foi uma grata surpresa e também um privilégio poder ousar nas cores durante o desenvolvimento deste projeto. Afinal, segundo elas, na maioria das vezes, os clientes solicitam cores neutras, com receio de errar ou cansar no médio prazo.

Fotógrafo: Denilson Machado, MCA Estúdio

Facebook
Facebook
Twitter
LinkedIn
Instagram