DESPOJADO E COLORIDO, PARA A FAMÍLIA

PROJETADO PARA SER A MORADA NO RIO DE UMA FAMÍLIA PAULISTA, APARTAMENTO COLORIDO DE 75M2 VIRA POUSO DE FÉRIAS, AO FINAL DA OBRA

Apartamento em Botafogo assinado pela designer Luiza Bottino e arquiteta Valeska Ulm

Após dois anos morando no Rio de Janeiro em um apartamento alugado, o casal de paulistas na faixa dos 40 anos, com dois filhos adolescentes, resolveu comprar um imóvel de 75 m2 em Botafogo, para, em seguida, delegar à designer de interiores Luiza Bottino e à arquiteta Valeska Ulm o projeto da nova morada. A proprietária, que considerava o bairro jovem, descolado e despretensioso, já havia transitado por diversos endereços em função do trabalho do marido, que é diretor executivo de uma grande empresa. “Com o tempo, ela aprendeu a desapegar das coisas materiais e concluiu que não é necessário ter um super closet em casa para ser feliz”, brinca Luiza. 

Depois de equacionar todos os pedidos do casal, Luiza e Valeska optaram por revestimentos de fácil manutenção e soluções práticas, sempre valorizando o mix de texturas, principalmente nos tecidos. “Utilizamos piso laminado em todo o apartamento e, na área social, aplicamos um painel de freijó na parede, com um rack suspenso acoplado, que ajuda a disfarçar as portas de acesso aos quartos e também deixa o espaço mais acolhedor”, explica Valeska. 

Na varanda da sala, a dupla propôs plantas pendentes e vasos apoiados no piso. Ao mesmo tempo que ajuda a disfarçar a empena do prédio vizinho, o recurso transformou o pequeno espaço em um mini refúgio verde.

No quesito mobiliário, prevalecem criações de designers brasileiros de renome, à exceção da mesa de jantar Saarinen (um clássico do design internacional) e da poltrona amarela, que fica na varanda, criação da designer italiana Alessandra Baldereschi. Na sala de estar e jantar, por exemplo, se destacam a premiadíssima poltrona Fago, assinada pela Emdoïs Design, o sofá C113 de Marcus Ferreira, a mesa de centro Duas Cores, do escritório de arquitetura Branco & Preto, a mesa lateral Escada, de Rodrigo Eldstein, o carrinho de chá Teca e as cadeiras de jantar Finn, do designer Jader Almeida.  Para deixar o ambiente mais aconchegante, Luiza e ValesKa usaram dois tapetes em superposição, explorando diferentes cores e texturas.  

Já nos dormitórios, a falta de espaço foi compensada com uma marcenaria bem planejada. No quarto de casal, o desafio era fazer um canto de trabalho para armazenar diversas pastas de documentos. “Desenhamos uma bancada em freijó e aproveitamos o canto do armário para criar nichos de apoio”, conta Luiza. A cabeceira da cama é, na verdade, um grande painel fixado na parede, com a parte do meio estofada em lona e as laterais executadas em freijó.

Já na cozinha, a simplicidade do projeto reflete o estilo de vida da família, com direito a uma bancada sob a janela, de onde se pode apreciar ao longe o Pão-de-Açúcar durante o café da manhã e as refeições rápidas do dia a dia.

Ao final da conclusão do projeto, a família comunicou que precisaria retornar à São Paulo por motivos de trabalho. Desta vez, porém, decidiu manter o apartamento fechado para ser usado como um pouso colorido no Rio nos fins de semana e durante férias.

·       Autoria do projeto: designer de interiores Luiza Bottino e arquiteta Valeska Ulm

·       Instagram: @luizabottino_valeskaulm

·       Produção Visual: Simone Ratzik

·       Fotos: André Nazareth

Facebook
Facebook
Twitter
LinkedIn
Instagram