CASA NATOCA – COZINHA,QUARTO DO BEN, QUARTO DA CORA

COZINHA Por Rodrigo Ferreira Arquitetura
@arq.rodrigoferreira

Mostra virtual CASA NATOCA _ Cozinha _ Rodrigo Ferreira Arquitetura

Um dos focos para criar a cozinha de 19m2 da casa principal foi pensar em um espaço onde a família toda pudesse se reunir e preparar as refeições em conjunto, com elementos para agradar pais e filhos. Na ilha central, há uma lousa na altura certa para estimular a interação com Ben e Cora. E ao longo de todo o projeto de marcenaria (Salamonde Marcenaria), o arquiteto Rodrigo Ferreira incluiu tablados retráteis – basta puxar para criança subir e ficar na altura da bancada. Os tampos em pedra sintética (Cozendei Mármores e Granitos) são resistentes, práticos, e não mancham.

Parceiros:
@Cozendei: mármores e granitos, bancada, tampo
@julianapelegrinello: tecidos nas paredes
@salamonde: armários
@selvvva: prateleiras, cachepôs e suportes de plantas
 

Na parede, o tecido emborrachado e impermeável foi desenvolvido especialmente pela designer Juliana Pelegrinello, que pesquisou a fauna e a flora da Patagonia para desenvolver a estampa. Repare na cadeirinha infantil de alimentação: parece um balanço, mas é fixada no teto com cabo de de aço. Pra decorar, muitas prateleiras para  colocar as plantinhas (vasos da Selvvva), livros e potes para organizar os grãos. “Pati e Gustavo compram produtos orgânicos no mercadinho local, a granel, e armazenam em potes de vidro. Aqui não há plástico”, explica Rodrigo. O projeto privilegiou as cores azul, amarelo e terra, em harmonia com a paisagem. O espaço tem direito ainda a uma varanda, sobre um deck de 9m2, com mesa apoiada em um carretel e muitas plantas e temperos. 

QUARTO DO BEN Por Bianca Assuf e Mandarine  
@mandarinedesign

Mostra virtual CASA NATOCA _ Cozinha _ Bianca Assuf e Mandarine
Parceiros:
@triete_ateliedemobiliario: cama, mesa de cabeceira e mesa com cadeiras
@coelhonalua: objetos decorativos, oficina mecânica, tapetes, cestos 

Ben, de 3 anos, é o dono do pedaço de 12m2, com área para brincar, ler e dormir. A arquiteta Bianca Assuf desenhou uma estante leve e assimétrica, com direito a módulo em forma de casinha/foguete e baús divertidos, com rodízios, para armazenar os brinquedos. Tudo isso ao alcance do pequeno, o que torna a tarefa de organizar parte da diversão e também um incentivo para que a criança participe nas tarefas do dia a dia. A cama com trama azul na cabeceira e nos pés, da Triete, leva cor ao ambiente, assim como o verde das mesas e cadeiras da mesma marca.

O enxoval, papel de parede, pôsters e caixas forradas, tudo da Mandarine, trazem um mix de estampas geométricas, além de retratar os animais da região, a data de nascimento do Ben, mapa, selos e imagem de rosa dos ventos fazendo referência ao estilo viajante e  aventureiro da família. Ben tem ainda uma mini oficina mecânica (Coelho na Lua). A arquiteta tirou partido dos materiais simples e rústicos, deixando a estrutura aparente de madeira, criando um mezanino com lugar para arte, pintura e exposição de desenhos, e também um canto de leitura com nicho para relaxar, junto ao janelão – atividade que Ben adora.

QUARTO DA CORA Por Elefante Design + Uáuá
@elefantedesign @uauababy

Mostra virtual CASA NATOCA _ Quarto da Cora _ Elefante Design + Uáuá

Na vida real, Cora acaba de nascer para completar a família de Gustavo, Pati e Ben. No mundo virtual, ela ganhou um quarto de 12m2 dos mais acolhedores, recheado de madeira, algodão, linho, palha, rattan e muito verde. A marcenaria, com um design leve, quase invisível, foi criada pela arquiteta Tatiana Machado (à frente da Elefante Design), com um cantinho de descanso, leitura, amamentação e contemplação, tudo isso com direito à bela paisagem emoldurada em grande estilo.

Parceiro:
@coelhonalua: berço, tenda, carrinho, cestos, bonecas de pano e adornos  

É ali que ficam colchonetes sobrepostos (da Uauá), perfeitos também para espalhar no chão e virar espaço de brincadeiras. No futuro, esse nicho pode ser adaptado para virar a caminha de Cora. Tirando partido do pé direito alto, Tati fixou prateleiras como um roda-teto, apoiando ali vasos de plantas, livros e quadros, em uma composição descontraída. O bercinho de rattan fica no centro do ambiente, com uma tenda de linho (ambos da Coelho na Lua). Lindo o papel de parede com inspiração nas pedras típicas da região! Foi batizado com o tema da mostra, “Refúgios” – lançamento da Uauá, que ainda desenvolveu tapetes de algodão e vinílico, trocador, almofadas, quadros e um móbile de acrílico, de grandes proporções. Presa na parede, a peça se transforma em uma peça lúdica e decorativa, estimulando a criatividade e imaginação. 

Advertising

Facebook
Facebook
Twitter
LinkedIn
Instagram