ANO NOVO!




Sempre gostei mais do Natal. Festa de família, crianças, presentes…
Mas com o passar dos anos, as mudanças que aconteceram na vida, o crescimento das crianças, passei a me sentir mais a vontade com o Ano Novo. Realmente, acho que me sinto melhor nele.
Primeiro, é uma festa que se adapta bem ao nosso clima, das comidas à decoração.
É mais livre, sem ter que cumprir expectativas religiosas, tradições, nada.
A cidade do Rio de Janeiro também incorporou o papel de maior réveillon do mundo, o que dá o clima geral.
E é uma festa de adultos (me desculpem, crianças).
Dançamos, encontramos pessoas, bebemos e comemos comidas mais leves.
Choramos também um pouco, lembrando de pessoas e coisas que se foram, é fato.
Mas quando dá meia-noite, que nos abraçamos, que estamos junto de quem amamos… ou até de quem  podemos vir a amar, quem sabe…tudo parece possível.
E depois, na praia, dando pulos nas ondas, sempre aparece, lá no fundinho, a esperança de coisas novas, de um reinício, de um novo encontro.
De que a vida vai continuar, mas com histórias diferentes.
E como somos otimistas, a maioria delas serão boas histórias, para acrescentarmos na nossa retrospectiva.
Porque quando chegar a hora do meu “show da virada” pessoal, eu, pelo menos, quero estar bem vivida!

Um ótimo Ano Novo a todos, de muita paz, lucidez e amor.
Porque como disse Santo Agostinho: “ama e faz o que quiseres”. Não tem erro!

Bjss e tudo de bom!

E pra não perder a deixa, ideias para a mesa de Ano Novo

9

Festa na praia bem bacana!

8

Banheira antiga para as bebidas

7

Flores brancas

6

Folhagens na iluminação

2

Flores nas bebidas

12 11 10 5 4 1

 

 




Facebook
Facebook
Twitter
LinkedIn
Instagram