A INTEGRAÇÃO DE AMBIENTES É O PONTO ALTO DESSE PROJETO

A arquiteta Marina Romeiro mostra seu novo apê recém-reformado,na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro

Arquiteta MARINA ROMEIRO mostra seu novo apê recém-reformado, na Barra 

A arquiteta Marina Romeiro (33 anos), o marido Rafael (37 anos, administrador) e o cachorro Doty moravam em Botafogo, mas resolveram se mudar para a Barra, para ficarem mais próximos da família, do verde e de praia.

A Barra ainda tem muitos espaços abertos e livres e sentíamos muita falta disso em Botafogo. Fora a segurança de morar em um condomínio, com toda a infraestrutura”, justifica Marina.

O apartamento foi todo reformado. Os revestimentos eram muito antigos e danificados, já que o edifício tem quase 40 anos, e os espaços muito compartimentados.
A arquiteta, então, resolveu derrubar várias paredes e trocar todas as instalações, elétrica e hidráulica.

A cozinha foi aberta para a sala e ampliada, com a incorporação do quarto de serviço

A varanda foi também integrada à sala através da remoção das esquadrias que delimitavam os dois cômodos.
Para criar unidade visual nos dois espaços, materiais em continuidade foram utilizados.  O tijolinho branco, por exemplo, começa na parede principal da sala e invade a varanda, assim como o porcelanato amadeirado, presente no piso de todo o apartamento.
Como a varanda é a extensão da sala, a arquiteta criou nela um ponto de apoio, com uma bancada e uma cervejeira. O espaço é ideal para receber os amigos e deixá-los à vontade. Aliás, o sofá da varanda é propositalmente mais profundo, quase que convidando ao relaxamento e à descontração.

Sempre quis ter um closet, ainda que pequeno, e uma penteadeira. Além disso, sempre gostei de receber amigos em casa, preparando um jantar ou algo do tipo. Minha cozinha aberta para a sala ficou super funcional e agrega todo mundo em dias de casa cheia”, conta ela

Para criar um pequeno closet na suíte do casal, a arquiteta diminuiu o banheiro e usou uma parte do corredor íntimo. Sem armários no quarto, o espaço ficou bem mais fluido.

Toda essa integração gerou uma permeabilidade visual melhor na sala. Os espaços ficaram mais amplos, melhorando ainda a iluminação e ventilação naturais como um todo”, explica a arquiteta Marina.

Praticamente, toda a decoração do apartamento é nova. Do antigo apartamento vieram somente o sofá da sala, o carrinho da varanda, o sofá cama do escritório e a cama de casal.


A maioria das pessoas quando entra na minha casa não acredita que tem apenas 90m2. Fora que a eliminação das barreiras visuais e físicas, como a esquadria varanda e a parede cozinha, fez com que a iluminação e ventilação naturais melhorassem muito, mesmo no verão. Além disso, adoro cozinhar enquanto converso com meu marido, inclusive quando ele está lendo ou pegando sol na varanda varandaO fato de meu apartamento ficar em um andar baixo, com vista para o verde na altura da minha varanda, me traz a sensação de quintal, de casa. Me faz lembrar da minha infância, da casa dos meus pais”, justifica ela.

Área total: 90m2
Divisão do imóvel: sala de estar com varanda integrada, cozinha aberta para a sala, área de serviço, banheiro de serviço, quarto de hóspedes/escritório, banheiro social, suíte com closet.
Tempo total de elaboração e aprovação do projeto: 1 mês
Tempo total de execução do projeto, entre reforma e decoração: 4 meses

·        Fotógrafa: Lilia Mendel (@liliamendel.fotografia)

Advertising

Facebook
Facebook
Twitter
LinkedIn
Instagram