UM APARTAMENTO PARA UMA PIANISTA

O PIANO-ARMÁRIO DA CLIENTE DE 70 ANOS NORTEOU A REFORMA DESTE APARTAMENTO, NO LEBLON, COMANDADA PELA ARQUITETA CARMEN ZACCARO.

Sentada na poltrona, a moradora Maria Cândida e a arquiteta Carmen Zaccaro

A moradora é Maria Cândida Volpini, 70 anos, pianista. Seu desejo para a reforma era uma sala ampla e confortável para receber amigos músicos e promover saraus de música, tendo como destaque e foco principal a posição do piano. A cliente também pediu uma cozinha clara e moderna, além de uma copa com uma “vitrine” para expor a coleção de copos e louças antigas. A arquiteta já havia feito a casa da filha da cliente há 6 anos atrás, que a recomendou para a mãe.

Apartamento no Leblon assinado pela arquiteta CARMEN ZACCARO
Tapete: Galeria Hathi
Poltrona Kilim, assinada por Sérgio Rodrigues, do Arquivo Contemporâneo
Banco Philips, assinado por Jader Almeida, do Arquivo Contemporâneo
Par cadeiras Juliana, assinadas por Aristeu Pires, do Arquivo Contemporâneo
Mesa de Centro, da  Novo Ambiente 
Cortina, da Lutèce Puro Linho
Bufê, da Canto de Dormir
Sofá, da Way Design
Almofadas e objetos, do Studio Grabowsky 
Mesa Jantar, assinada por Jader Almeida, do Arquivo Contemporâneo Cadeiras Helga, assinadas pelo Estudiobola, da Way Design Cesto chão, da Hábito Armário/baú, do acervo da cliente Luminária pendente, da Ponto de Luz

Para atender as demandas da cliente, a arquiteta eliminou um quarto para ampliar a sala e também o quarto de empregada, que virou área de serviço, ampliando bastante a cozinha. Com essas intervenções foi possível criar uma copa, que antes não havia, e integrar a cozinha com a sala com uma porta de correr .

Os quadros são desenhos de Picasso, do acervo da cliente 
Molduras, da Gam Molduras

O projeto tem uma pegada levemente industrial, com a presença de tijolinhos rústicos, marcenaria com metal e madeira e iluminação de trilhos com luminárias aparentes. A arquiteta também inseriu na decoração várias peças e objetos de decoração já pertencentes à cliente, como o piano, a poltroninha, o baú de madeira e gravuras de Picasso, que ganharam molduras novas.

O piano-armário foi inserido na decoração, posicionado ao lado da varanda para receber luz natural pela lateral. Desenhada pela arquiteta, a estante de metal preto e freijó ao redor do piano, com uma parede revestida com tijolinhos como fundo, deixou o cantinho do piano bastante aconchegante.

Poltrona e baú, do acervo da cliente 
Estante aérea: desenhada pela arquiteta e executada pela marcenaria Serla 
Parede revestida com Tijolinho Brick Colors, da Empporium Frei Caneca 
Piso vinílico, da Triângulo 
 

Na cozinha, as paredes foram revestidas com cerâmica tipo metrô e os armários tem portas de vidro branco ou acabamento em laminado de madeira, seguindo o padrão da marcenaria da sala. Já na área da copa a arquiteta criou um armário suspenso de metal preto e vidro para guardar a coleção de louças e copos antigos. Ela também abriu um grande vão entre copa e sala com um porta de correr na cor tomate, que permite integrar ou isolar a cozinha, quando necessário.

COZINHA Apartamento no Leblon assinado pela arquiteta CARMEN ZACCARO
Armários, da Roma Mobili
Mesa Saarinen, da Tok Stok
Cadeiras, da Velha Bahia
Centro de mesa, do acervo da cliente 
Piso em porcelanato Portinari padrão cimento, da Empporium Frei Caneca
Paredes em cerâmica tijolinho metrô, da Empporium Frei Caneca

Paleta de cores da decoração da sala tem uma base neutra e tirou partido de texturas, como a parede de tijolinhos cimentícios, a marcenaria e mobiliário em vários tons de madeira. A cor aparece de forma pontual nas artes das paredes, objetos decorativos e na porta de correr da sala/copa, num tom alegre de tomate.

SUÍTE PRINCIPAL
Painel da cama e mesas cabeceira, da Canto de Dormir
Quadro, do Studio Grabowsky
Roupa de cama, da Lutèce Puro Linho
Cortina, da Lutèce Puro Linho
Quarto de hóspedes
Cama e mesas de cabeceira: Canto de Dormir
Roupa de cama: Lutèce Puro Linho
 
BANHEIROS
Bancada em quartzo branco
Armário executado pela marcenaria Serla
Piso e interior do box em porcelanato madeira, da Portinari
Bancada em quartzo cinza
Marcenaria em freijó executada pela Serla
Espelho, da vidraçaria Maracanã assinado pela arquiteta CARMEN ZACCARO

“Gostei muito da mistura equilibrada de materiais e da fluidez dos espaços. A participação da cliente na escolha de cada detalhe da decoração resultou em uma casa cheia de personalidade”, avalia a arquiteta Carmen Zaccaro.

Autoria do projeto: arquiteta Carmen Zaccaro

·        Nome do escritório: Carmen Zaccaro Arquitetura
·        Trata-se de um projeto de reforma e decoração da residência atual da cliente, onde todos os cômodos foram trabalhados pela arquiteta. 
·        Tipo de imóvel: apartamento
·        Área total: 130m2
·        Localização: bairro Leblon, na Zona Sul do Rio de Janeiro
·       Tempo total de elaboração e aprovação do projeto: 1 mês.
·        Tempo total de execução do projeto, entre reforma e decoração: a previsão era de 4 meses, mas durou 7 meses por causa da pandemia. Devido ao atraso, a cliente precisou alugar um apartamento 3 vezes, até que decidiu enfrentar a obra, já em casa. No final, deu tudo certo e a cliente está super feliz.
·        Palavras definem esse projeto: contemporâneo, com pegada industrial.
·        Estilo da decoração: casual chique e despojado
·        Curiosidade: a cliente tinha vários desenhos de Picasso que estavam engavetados e não imaginava que ficariam lindos na parede da sala depois de serem emoldurados com paspatouts de cores diferentes.
·        Fotógrafo: Juliano Colodeti, do @mca_estudio.

Advertising

Facebook
Facebook
Twitter
LinkedIn
Instagram