CANTINHO DOS LIVROS – O COMENTÁRIO DA TIA-LEITORA

capa2

Cantinhos de leitura para crianças

Escrevi sobre cantinhos para livros inspirada pela “titia”. (Veja os cantinhos)
E ela me respondeu, com um texto delicioso. Amei, comadre! Obrigada!

Oi sobrinha-comadre!

Adorei cada um dos cantinhos que você nos mostrou aqui no blog, no Cantinho de Leitura – bom gosto, aconchego, conforto e praticidade caminhando juntos… é tudo de bom!

O meu lado leitora quase compulsiva quis logo experimentar cada um deles, mas como ficou difícil escolher até qual seria o primeiro… o meu lado professora alfabetizadora (hoje aposentada) entrou no circuito e me deu vontade de falar: que lindo Cantinho Infantil (posso chama-lo assim?)! Qual criança não vai desenvolver o gosto pela leitura num lugar adequado, agradável e fofo??? Ah amiga, você conseguiu colocar um exatamente assim: qualquer cantinho se for cercado de amor, com boa luz e conforto anima a criança a ler/ver os livros adequados à sua idade e interesses!

5

Aí me lembrei do meu cantinho, antes mesmo de saber ler… era na cama dos meus pais, todos os dias antes de irmos dormir! Papai deitado entre meu irmão e eu, lendo, inventando e interpretando histórias!
Depois, já no nosso quarto, uma pequena estante entre as nossas camas (me lembro de que era baixinha, que nós alcançávamos os nossos livros e gibis!), onde “líamos” um para o outro…
E nessa estante os livros iam aumentando, foram chegando Monteiro Lobato, Júlio Verne e muitos outros!!!

Então cresci e aos poucos fui tendo acesso a toda a biblioteca do meu pai! Como fiquei feliz! Aí chegaram autores novos, de Machado de Assis a Jean Paul Sartre! Descobri que cada vez mais eu podia viajar sem sair de casa!

Como você pode ver, cresci cercada por livros e até hoje os tenho em grande quantidade como você bem sabe. Daí a importância de ver aqui no seu blog maneiras de como guardá-los: com muito espaço ou pouco espaço, com imaginação e com as suas sugestões fica fácil poder mantê-los perto de nós.

Ficou muito claro então que com criatividade podemos todos ter um Cantinho de Leitura para chamar de seu!

Amei as sugestões tanto quanto amo ler comadre!
Então… muito obrigada por elas e continue assim: criativa, pratica e amando o que faz! Eu, pelo meu lado…. vou ler um pouquinho, num cantinho que chamo de meu!

Em tempo: meu pai era o escritor fluminense (Resende) Macedo Miranda (1920-1974): publicou 14 livros (1 de poesia, 3 de contos e 10 romances).

Maria Cláudia de Macedo Miranda Marandino

Curta As Arquitetas no Facebook