MUDAR É PRECISO! LOFT UPCYCLE NA FÁBRICA DA BHERING – RJ

Vista geral do loft idustrial sustentável com 55m2

Vista geral do loft idustrial sustentável com 55m2

 

Se você curte decoração com estilo industrial e pegada sustentável, anote esta super dica: a Fábrica Bhering (@fabrica.bhering), em Santo Cristo, acaba de inaugurar sua primeira mostra de decoração, um loft residencial assinado por um time de sete arquitetos e designers de interiores. Batizada de MUDAR É PRECISO – LOFT UPCYCLE, a empreitada é uma iniciativa do casal de designers Igor Moura e Tuani Meirelles, à frente da InSana Design Industrial (@insana_rj), cujo ateliê-oficina funciona em um galpão de 150m2 dentro da própria fábrica. Todos os ambientes do loft foram decorados com móveis, luminárias, objetos e obras de arte produzidos a partir de materiais descartados que a dupla garimpa pessoalmente em antigos estaleiros, ferros-velhos e até em caçambas de lixo. Com entrada gratuita, a mostra pode ser visitada até o final do ano.

1ª Mostra Mudar é Preciso InSana: 

  • Visitação: até dezembro de 2018
  • De terça a sexta, das 12h às 18h; sábado, de 12h às 20h
  • Endereço: Rua Orestes, 28 – Santo Cristo (Pátio da Fábrica Bhering) – Rio de Janeiro.
  • Telefone: (21) 98853-4765
  • Entrada gratuita
Uma porta proveniente de uma demolição em Botafogo ganhou acabamento em resina e virou o tampo da bancada de refeições

Uma porta proveniente de uma demolição em Botafogo ganhou acabamento em resina e virou o tampo da bancada de refeições

Uma porta proveniente de uma demolição em Botafogo ganhou acabamento em resina e virou o tampo da bancada de refeições

Uma porta proveniente de uma demolição em Botafogo ganhou acabamento em resina e virou o tampo da bancada de refeições

David Luiz da Silva e Michele Ferreira assinam a sala de estar: destaque para o abajur Maquinário produzido com sucata de um antigo torno mecânico sobre mesa com tampo de carretel de cabos de aço

David Luiz da Silva e Michele Ferreira assinam a sala de estar: destaque para o abajur Maquinário produzido com sucata de um antigo torno mecânico sobre mesa com tampo de carretel de cabos de aço

David Luiz da Silva e Michele Ferreira assinam a sala de estar: destaque para o rack de tv feito com armário de um antigo vestiário e para a luminária pendente coberta com cordas de sisal reaproveitadas de um estaleiro desativado

David Luiz da Silva e Michele Ferreira assinam a sala de estar: destaque para o rack de tv feito com armário de um antigo vestiário e para a luminária pendente coberta com cordas de sisal reaproveitadas de um estaleiro desativado

Erica Zanatta Cardoso e Hélio Martins assinam a cozinha: destaque para os armários reaproveitados de um antigo vestiário e bancada apoiada sobre tonel de óleo, usado também como bar

Erica Zanatta Cardoso e Hélio Martins assinam a cozinha: destaque para os armários reaproveitados de um antigo vestiário e bancada apoiada sobre tonel de óleo, usado também como bar

Erica Zanatta Cardoso e Hélio Martins assinam a cozinha: destaque para os armários reaproveitados de um antigo vestiário e divisória com estrutura de aço cortén preenchida com tijolos de sal rosa do Himalaia (possuem propriedades terapêuticas que melhora a qualidade do sono)

Erica Zanatta Cardoso e Hélio Martins assinam a cozinha: destaque para os armários reaproveitados de um antigo vestiário e divisória com estrutura de aço cortén preenchida com tijolos de sal rosa do Himalaia (possuem propriedades terapêuticas que melhora a qualidade do sono)

 Flávia Lima assina o corredor das artes: destaque para a jardineira chapas de aço corten, a mesa de apoio de aros de bicicleta (com tampo de placa de trânsito) e a antiga cadeira infantil do Sesc Senai que ganhou pés mais altos de vergalhão de obra

Flávia Lima assina o corredor das artes: destaque para a jardineira chapas de aço corten, a mesa de apoio de aros de bicicleta (com tampo de placa de trânsito) e a antiga cadeira infantil do Sesc Senai que ganhou pés mais altos de vergalhão de obra

 João Velloso e José Oliveira assinam o banheiro do loft: destaque para as esquadrias feitas com um antigo janelão da Bhering e o piso com estampa de azulejaria portuguesa antiga

João Velloso e José Oliveira assinam o banheiro do loft: destaque para as esquadrias feitas com um antigo janelão da Bhering e o piso com estampa de azulejaria portuguesa antiga

João Velloso e José Oliveira assinam o quarto de dormir: destaque para o painel de pallets atrás da cama, o antigo malão de ferramentas transformado em criado-mudo e a luminária “suspensa” com estrutura de corrente

João Velloso e José Oliveira assinam o quarto de dormir: destaque para o painel de pallets atrás da cama, o antigo malão de ferramentas transformado em criado-mudo e a luminária “suspensa” com estrutura de corrente

 João Velloso e José Oliveira assinam o quarto de dormir: destaque para o painel de pallets atrás da cama e a luminária pendente com cúpula de um antigo ventilador

João Velloso e José Oliveira assinam o quarto de dormir: destaque para o painel de pallets atrás da cama e a luminária pendente com cúpula de um antigo ventilador

João Velloso e José Oliveira assinam o quarto de dormir: destaque para o painel de pallets atrás da cama, o antigo malão de ferramentas transformado em criado-mudo e a luminária “suspensa” com estrutura de corrente

João Velloso e José Oliveira assinam o quarto de dormir: destaque para o painel de pallets atrás da cama, o antigo malão de ferramentas transformado em criado-mudo e a luminária “suspensa” com estrutura de corrente

Na área externa, cadeiras de tambor de óleo e mesa de apoio com tampo de placa de trânsito

Na área externa, cadeiras de tambor de óleo e mesa de apoio com tampo de placa de trânsito

Fotógrafo: Juliano Colodeti, do MCA Estúdio

 

 

 

Curta As Arquitetas no Facebook