APARTAMENTO PARA COLECIONADORES

Arquiteta Amanda Miranda comanda reforma e decoração de apartamento em Icaraí para jovem casal

Integrar a varanda estreita e acomodar a coleção de livros e action figures dos moradores foram alguns dos desafios deste projeto

A arquiteta AMANDA MIRANDA em projeto assinado por ela, em Icaraí, Niterói (fotógrafa Lília Mendel)

Os moradores adquiriram o imóvel e contataram a arquiteta para a reforma e decoração do apartamento. Eles encontraram o escritório pelo Instagram. Os clientes desejavam uma área com grill na varanda e espaço para receber a família e os amigos, otimizando ao máximo o espaço existente. Pediram também para modernizar a antiga sala, trocando todo o mobiliário e iluminação.

A inspiração é uma arquitetura mais clara, funcional e limpa. “Na sala, busquei utilizar poucos móveis, basicamente um sofá, mesa de jantar, uma grande estante com bancada de porcelanato e o rack da TV. Já na varanda, a proposta foi otimizar o espaço estreito e comprido, criando uma área de bancada para o grill, espaço para refeições, mesa, sofá com baú, uma confortável poltrona e espaço para as plantas, trazendo um pouco mais de vida para o apartamento”, descreve a arquiteta.O quarto ganhou novas cabeceira e marcenaria, com um closet mais generoso para o casal. Já no escritório, a preocupação foi atender à demanda de acolher a coleção dos clientes.

Já para o escritório, houve uma demanda específica: como ambos são colecionadores de mangás e action figures, precisavam de uma marcenaria sob medida para comportar toda a coleção, além de uma bancada com espaço para duas pessoas trabalharem de casa, se necessário. “Para isso, criamos uma bancada em L em frente à porta que dava acesso à varanda, adaptando seu uso apenas como janela e abrindo mais um espaço para a área de trabalho”, conta a arquiteta Amanda Miranda.

A única alteração na planta foi a inversão do sentido de abertura na porta da sala para a varanda, permitindo instalar uma nova bancada. Toda a varanda foi fechada com cortina de vidro. Fora os itens de coleção dos moradores (livros, revistas, mangás e action figures), toda a decoração e o mobiliário são novos.

Quanto a paleta de cores, a arquiteta buscou trabalhar com tons claros, de bege e madeira carvalho, trazendo mais cores nos adornos, almofadas, mantas e tapete, como azul e terracota.  “A ideia é conferir a sensação de um ambiente mais suave, mas ao mesmo tempo interessante e com vida”, conta Amanda.

O maior desafio do projetofoiaproveitar as peças colecionáveis na decoração, trazendo identidade ao apartamento, mas sem deixar caricato. Outro desafio foi a limitação de espaço da varanda, estreita e comprida, que demandou um cuidado extra com a marcenaria e a especificação do mobiliário, milimetricamente calculados para não atravancar o espaço e tornar tudo funcional.

  • Casal com 38 anos, ele anestesista e ela advogada
  • Tempo dedicado ao projeto: 60 dias para elaborar o projeto e 3 meses e meio para execução.
  • Autoria do projeto: Amanda Miranda
  • Escritório:    Amanda Miranda Arquitetura
  • Instagram: @amandamirandaarquitetura
  • Produção visual: Carol Marx (@carolmarx)
  • Projeto de iluminação: Amanda Miranda Arquitetura
  • Fotógrafo: Lilian Mendel (@lilianmendel.fotografia)
  • Tipo de imóvel e localização: apartamento em Icaraí, Niterói
  • Área total: 150m²
  • Perfil dos moradores: Casal com 38 anos, ele anestesista e ela advogada
  • Tempo dedicado ao projeto: 60 dias para elaborar o projeto e 3 meses e meio para execução.
  • Cômodos trabalhados: Sala, varanda, quarto do casal, escritório, cozinha, banheiro social e lavabo.
  • Cômodos não trabalhados: área de serviço e o futuro quarto do bebê. Como ainda não estão planejando ter o primeiro filho, preferiram aguardar o momento certo.
  • Considerações sobre o escritório: A coleção de livros e action figures dos clientes influenciou bastante no projeto para o escritório, pois eles já possuíam uma coleção bem expressiva, em termos de número de peças, e pediram para considerar uma futura ampliação. Na parte mais alta da estante foi criado um espaço direcionado aos bonecos, com iluminação projetada para valorizar cada peça, e embaixo uma estante sob medida para comportar o máximo possível de livros, revistas, comic books e mangás. “Foi tudo muito bem pensado para valorizar cada peça e atender à demanda dos moradores. A marcenaria seguiu um tom de cinza para acompanhar parte da bancada existente, que foi reaproveitada. O resultado é imperceptível. O contraste de cor, do cinza com o colorido das peças, destacou cada item de especial valor para os moradores”, descreve a arquiteta.

  • Destaques do projeto:
  1. Estante da sala: móvel feito em marcenaria com bancada de porcelanato da Portobello. O mesmo material foi utilizado no painel da TV.
  • Mesa de jantar Concrete Disforme e cadeiras assinadas pelo Estudiobola.
  • Bancada na varanda para apoio de um novo grill e espaço para refeições. Uma premissa da arquiteta foi criar uma integração suave da varanda com a sala, conferindo amplitude à área estreita da varanda. Para isso, o sentido de abertura da porta foi trocado e o vão de passagem foi ampliado, além de adotar os acabamentos da marcenaria no mesmo tom usado na sala, conferindo a ideia de continuidade.
  • No escritório, foi criada uma bancada flutuante, ampliando a área de trabalho sem fechar a visão para a varanda.
  • Maior orgulho: O resultado da varanda junto com a sala, que ficou algo inusitado e bem aproveitado”, escolhe Amanda.
  • Curiosidade: “Escolhemos uma mesa de formato orgânico, fugindo do tradicional tampo redondo ou retangular, conferindo mais dinamismo para a sala”, aponta a arquiteta.

Advertising

Twitter
LinkedIn
Instagram