CASA PARADISÍACA EM ANGRA DOS REIS

Casa de veraneio em Angra dos Reis, na Costa Verde do Rio de Janeiro, projetada e decorada pela arquiteta Amanda Miranda para um casal na faixa dos 40 anos, com uma filha de 4 anos

No terreno de 7.000 m² em Angra dos Reis, havia uma casa onde hoje é a casa principal e apenas um bangalô na ponta do terreno.
A ideia inicial era aproveitar a “caixa” dessas duas edificações e modificar a disposição interna dos cômodos. Porém, quando a obra foi iniciada, verificou-se que ambas foram assentadas diretamente no solo, o que poderia provocar constantes infiltrações. Por isso, a arquiteta optou por colocar tudo abaixo e realizar uma nova construção, desta vez elevada do solo, mas mantendo os perímetros das antigas edificações de acordo com parâmetros urbanísticos da região.
Seguindo o pedido dos proprietários, a arquiteta projetou uma casa clara, funcional e com clima praiano para ser usada como um ponto de refúgio para a família descansar e receber os amigos.

A modelo Verônica Bunning, proprietária da casa

Foram criadas 7 suítes para hospedar confortavelmente os inúmeros irmãos e amigos do cliente. Cada quarto foi projetado para hospedar uma família, com direito a 1 cama de casal e 1 bicama. Somente 1 das 7 suítes foi inteiramente destinada às crianças, contando com duas triliches.

No alto do terreno, logo na entrada, fica a área de recreação, com casa na árvore e arborismo, seguida do estacionamento. Descendo em direção ao mar ficam espalhados os bangalôs e a casa principal, com área gourmet e piscina, todos voltados para o mar.

·        CASA PRINCIPAL: inclui sala, lavabo, cozinha americana com uma copa recuada para os funcionários, lavanderia e 4 suítes, sendo 1 delas voltada para as crianças, com 2 triliches.

·        ÁREA GOURMET: localizada entre a casa principal e a piscina, inclui área coberta com churrasqueira, forno de pizza, cervejeira, frigobar, sauna, banheiro, ducha interna e externa, e sala de televisão. 

·        BANGALÔ 01: fica no térreo, de frente para o deque e voltado para o mar. Aqui, a proposta foi criar um espaço mais generoso para o casal, com direito a uma copa e uma área de banho com cobertura de vidro, paredes de pedras e vista para o mar, com plantas ao redor. “A ideia era criar um refúgio isolado da casa principal e explorar ao máximo o contato com a natureza, com recursos sutis separando o espaço interno do externo”, conta a arquiteta Amanda Miranda.

·        BANGALÔ 02 e 03: são 2 blocos iguais de 45m2, ambos construídos sobre um platô no alto do terreno que apresentava um bom potencial de vista. Eles contam com um quarto com banheiro integrado, onde o box tem vista para a área externa, além de uma varanda que vai de uma parede a outra, fechada por esquadrias deslizantes que podem ser integralmente recolhidas para promover a máxima integração dos ambientes indoor e outdoor. “Os blocos, foram feitos de concreto com telhado verde e revestidos com malhas de ferro para possibilitar o envelopamento por parte das trepadeiras e vegetação”, explica a arquiteta. “O conceito desta arquitetura busca a sua própria camuflagem na natureza, com plantas servindo de revestimento da fachada, como se toda aquela vegetação ao redor já estivesse ali, antes mesmo da nossa construção. Para potencializar esta sensação, a paisagista Clarice Perrone priorizou as espécies nativas”, acrescenta ela.

Autora do projeto: arquiteta Amanda Miranda, do escritório Amanda Miranda Arquitetura
Instagram: @amandamirandaarquitetura
Localização: Angra dos Reis
Área total do terreno: 7.000 m²
Perfil dos clientes: Casal (ele, empresário na faixa dos 40 anos; ela, modelo Verônica Bunning, 40 anos, que aparece em algumas fotos), com 1 filha de 4 anos. A arquiteta é amiga de infância da cliente.
Projeto de paisagismo: Clarice Perrone Paisagismo (@clariceperronepaisagismo)
Fotógrafo: @DenilsonMachadoMCA, do @mca_estudio.

Área total construída, incluindo as varandas cobertas: 588,80m2, distribuídos da seguinte forma:

·        Casa principal: 270 m²
·        Área gourmet: 115m²
·        Bangalô 01: 47,80m²
·        Bangalô 02: 45m²
·        Bangalô 02: 45m²
·        Casa do caseiro: 66m²
Tempo de elaboração e aprovação do projeto: 6 meses
Tempo de execução do projeto + decoração: 1 ano e 3 meses.

Curiosidades sobre o projeto: todo o entulho e deslocamento de terra, foram reaproveitados durante a obra, assim como as madeiras do telhado e da estrutura original da casa que foi demolida. As madeiras foram reutilizadas no piso de acesso aos bangalôs 02 e 03, e em suas respectivas bancadas de banheiro. Até a telha cerâmica da casa original foi reaproveitada para a reforma da casa do caseiro, onde antes havia telha de amianto.

Advertising

Facebook
Facebook
Twitter
LinkedIn
Instagram