SPOTIFY – ESCRITÓRIO CRIATIVO EM SÃO PAULO

– spotify – escritorio

08 Spotify Staff

O escritório AC Arquitetura – juntamente com a TPG Architecture, de Nova Iorque – foi responsável por projetar e gerenciar a montagem do escritório brasileiro do Spotify, localizado no bairro de Vila Madalena (SP). O imóvel escolhido, com aproximadamente 500,00m² em dois pavimentos, rompe com as tradições de um escritório convencional, pois fica em um prédio pequeno de arquitetura contemporânea e marcante, com muitos jardins e áreas livres.

02 Spotify Espera

Spotify – Sala de Espera

 Durante o processo de criação, ficou bem clara a intenção da empresa de ter um espaço de trabalho fora do convencional, tanto no aspecto espacial como estético. O layout privilegia os espaços de convivência, deixando a área de meses de trabalho quase que em segundo plano. As reuniões podem acontecer em diversos tipos de ambientes: sala de reunião convencional, cabines abertas, sala de estar e jardim. A arquitetura de interiores segue a tendência dos demais escritórios da empresa espalhados pelo mundo, com espaços amplos e despojados, uso de cores fortes, muito grafite nas paredes e mobiliário contemporâneo.

03 Spotify Estar

Spotify – Estar

Estar

Estar

 

06 Spotify Staff

Staff

Estar

Estar

Copa

Copa

10 Spotify Copa

Copa

Sala de Reuniões

Sala de Reuniões

 

SOBRE A AC ARQUITETURA

Comandada pelo arquiteto e urbanista Henock de Almeida, a AC Arquitetura é uma empresa consolidada como uma dos mais importantes do país em projetos corporativos de sedes de empresas, administração pública, instalações industriais e escritórios.

Além do escritório do Spotify no Brasil, Henock de Almeida foi responsável pelo projeto do Memorial Getúlio Vargas e pela revitalização do Paço Imperial, ambos no Rio. Entre seus clientes: TV Globo, Odebrecht, Philips, Peugeot-Citroën, Banco Opportunity, Transocean e Universidade Estácio de Sá.

Detalhes do projeto:
Cliente: Spotify
Local: Ed. Corujas, Vila Madalena, SP
Área: 500,00 m²
Ano: 2014

O desafio:

Interpretar e adaptar a cultura de uma empresa não convencional e “diferenciada” em sua forma de tratar os espaços de trabalho.

Caraterísticas do projeto:

A SPOTIFY é uma empresa jovem e online, que disponibiliza música e playlists para mais de 40 milhões de usuários ativos em 56 países.  Fomos contratados para projetar e gerenciar a montagem do novo escritório da empresa no Brasil.  O imóvel escolhido, com aproximadamente 500,00m² em dois pavimentos, rompe com as tradições de um escritório convencional, pois fica em um prédio pequeno de arquitetura contemporânea e marcante, com muitos jardins e áreas livres, o Edifício Corujas, no bairro Vila Madalena em São Paulo.  Durante o processo de criação, feito a quatro mãos pelas empresas TPG ARCHITECTURE (de Nova Iorque) e AC ARQUITETURA (do Rio de Janeiro) ficou bem clara a intenção do cliente de ter um espaço de trabalho fora do convencional, tanto no aspecto espacial como estético. O layout privilegia os espaços de convivência, ficando a área de mesas de trabalho quase que em segundo plano.  As reuniões podem acontecer em diversos tipos de ambientes: sala de reunião convencional, cabines abertas, sala de estar e jardim.  A arquitetura de interiores segue a tendência dos demais escritórios da empresa espalhados pelo mundo, com espaços amplos e despojados, uso de cores fortes, muito grafite nas paredes e mobiliário contemporâneo.

Diferencial:
Relação área total do escritório e área efetiva de postos de trabalho.  Apenas 29% da área do escritório é ocupada efetivamente com mesas de trabalho.  70% do espaço é de áreas de trabalho não convencional e convivência.

Ficha Técnica

Autores do Projeto: TPG ARCHITECTURE (Nova York) e AC ARQUITETURA (Rio de Janeiro)

Arquitetos Henock de Almeida e Renato Campos (AC ARQUITETURA)

HENOCK DE ALMEIDA é Arquiteto e Urbanista, com Pós-Graduação pela École d’Architecture Paris-Tolbiac, em Paris, França, onde morou por quatro anos. Ainda estudante, integrou a equipe do LIC, liderado pelo arquiteto Sérgio Bernardes. Como arquiteto do Ministério da Cultura, participou da restauração do Paço Imperial da Cidade do Rio de Janeiro, obra que teve como consultor o arquiteto Lucio Costa. Sagrou-se vencedor do Concurso Memorial Getúlio Vargas, com júri presidido pelo arquiteto Oscar Niemeyer. Foi professor universitário no Rio de Janeiro e palestrante em diversas instituições no Brasil e na França. É membro do Instituto dos Arquitetos do Brasil e da ABPEF Associação Brasileira de Profissionais Especializados na França.

RENATO CAMPOS é Arquiteto e Urbanista, graduado pela Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Colaborou com o arquiteto Henock de Almeida no projeto para o Memorial Vargas, em 1985. Desde então trabalham juntos. Foi professor da Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal do Rio de Janeiro. É membro do Instituto dos Arquitetos do Brasil.

Lista de fornecedores da Obra:
Execução – Proinstal (escritório parceiro da AC Arquitetura)
Mobiliário – Voko
Mobiliário Especial – Work Design

 

Curta As Arquitetas no Facebook