O TAPETE ORIENTAL VELHO DE GUERRA TRANSFORMA-SE EM PEÇA SUPER DESCOLADA




SEU TAPETE ORIENTAL VELHO DE GUERRA PODE VIRAR UM ITEM DE DECORAÇÃO SUPER DESCOLADO

tapete1

Sabe aquele tapete oriental que já não combina mais com a decoração da sua casa, mas guarda um valor afetivo que pesa na consciência toda vez que você deseja se desfazer dele?
A Casa Julio acaba de lançar um serviço que pode ser a solução para quem vive esse dilema. Através de uma técnica conhecida como Overdying, a fábrica da tradicional marca carioca, em Ramos, transforma seu “velho de guerra” em uma peça super atual e descolada, que ainda gera uma economia de até 70% frente a um modelo similar já pronto na loja.
Na prática, o tapete é “estonado” (lavado) como se fosse um jeans até que boa parte sua lã seja removida. Depois, é tingido entre 10 opções de cores: preto, grafite, cinza, azul petróleo, azul bic, turquesa, amarelo, laranja, vermelho e lilás. Também é possível definir o grau de desgaste da superfície, deixando-a com aspecto mais ou menos vintage.

antes

Antes, o tapete original. E depois, após o tingimento em azul.

clip_image004

Acima, ambiente assinado pelos arquitetos ALEXANDRE GEDEON e HUGO SCHWARTZ na loja MUUI, no Recreio, com tapete overdyed da Casa Julio.

A execução do serviço, que custa R$ 590 por metro quadrado, dura entre 25 e 35 dias corridos.
Interessados podem solicitar uma avaliação sem compromisso, enviando uma foto do tapete velho para casajulio@casajulio.com.br.
Não há problema se o tapete tiver algumas partes desgastadas devido à perda de lã. Só não pode ter furos ou estar com a estrutura comprometida”, lembra o empresário Pedro Szalay, que já prestou este serviço para arquitetos renomados do Rio, como Bernardo Schor e Rogério Antunes, Cristina e Laura Bezamat e Ana Lila Denton.
Mais informações pelo telefone: 2431-1180 e 2429-8338.

www.casajulio.com.br


www.facebook.com/casajuliotapetes

 




Advertising

Facebook
Facebook
Twitter
LinkedIn
Instagram