NOTÍCIAS VERDES – ÁGUA




agua na terra Cada vez mais, a oferta de água potável no mundo vem ganhado importância nos fóruns mundiais sobre sustentabilidade. Embora os relatórios da Organização Mundial de Saúde (OMS), demonstrem que o mundo avançou em relação a oferta de água para beber, dados da Organização das Nações Unidas (ONU) apontam que 1,1 bilhão de habitantes ainda não têm acesso à água tratada e cerca de 1,6 milhão de pessoas morrem no mundo, todos os anos, em razão de problemas de saúde decorrentes da falta desse recurso. O aumento da população do planeta e a oferta limitada de recursos hídricos, faz com que esse desafio ultrapasse a reeducação global. A hora é de buscar soluções realmente efetivas que garantam o reaproveitamento e a redução dos impactos ambientais causados por tratamentos insuficientes ou ineficazes. Atualize-se sobre o assunto.

PROCESSO TRADICIONAL

Captacao_Agua_Processo     WETLANDS wetlands Uma alternativa sustentável aos tratamentos de esgoto convencionais é o sistema de wetlands, utilizado pela Concessionária Águas de Juturnaíba. As wetlands, como o próprio nome diz, são áreas alagadas; na natureza correspondem aos pântanos, brejos e manguezais. As versões construídas imitam esse cenário para utilizar plantas aquáticas no tratamento de águas residuais. Através das raízes, esses vegetais extraem os nutrientes de que necessitam ao mesmo tempo em que filtram os agentes poluidores. Esse ambiente permite ainda a proliferação de micro-organismos que vão atuar no tratamento dessas águas e servem de alimento para outras espécies, colaborando para a formação de um ecossistema integrado. Além de prover o seu autossustento, as wetlands têm o benefício de tratar os efluentes de maneira eficaz e sem a produção de resíduos químicos, ou seja, as águas tratadas são devolvidas à natureza sem causar qualquer prejuízo aos ecossistemas terrestres e aquáticos, conservando a biodiversidade. Essas mesmas plantas que compõem as wetlands podem servir de adubo orgânico para plantações, minhocários, alimento para peixes e como matéria-prima na produção de artesanato. http://www.respostassustentaveis.com.br/blog/solucoes-verdes-para-o-tratamento-e-reaproveitamento-da-agua/

TRATAMENTO ALTERNATIVO PARA O ESGOTO DOMÉSTICO refino Opção interessante para áreas rurais, costeiras e periferias urbanas onde não exista tratamento de esgoto convencional ou  são utilizadas fossas negras, que contaminam subsolo e lençóis freáticos. Trata-se da filtragem das águas negras (provenientes das fossas sépticas ou diretamente dos vasos) e das águas cinzas (de tanques, pias e chuveiros) através de filtros de raízes de plantas sobre casca de arroz, areia, terra  e brita dispostos em camadas alternadas A água é filtrada por diversas sessões até o refino final  pelo aguapé e alfaces d’água, podendo ser reutilizada para irrigação de pomares, jardins, viveiros ou para lavar áreas externas. E ainda fica com uma aparência simpática. OSMOSE REVERSA 378457-copo-com-agua A osmose reversa é um fenômeno natural que ocorre quando duas soluções, de concentrações diferentes (exemplo: água pura e água salobra) são separadas por uma membrana semi-permeável, ou seja: permeável para solventes e impermeável para solutos. Haverá, naturalmente, o fluxo de água pura para a água contaminada, até que o equilíbrio osmótico seja atingido. A osmose reversa nada mais é do que a inversão desse sentido de fluxo, através da aplicação de uma pressão maior do que a pressão osmótica natural. Neste caso, a membrana permitirá apenas a passagem de solvente (água pura), retendo os solutos (sais dissolvidos e contaminantes). A água obtida pelo processo de Osmose Reversa resulta em uma água ultrapura por um processo  comprovadamente confiável. Meio complicado, não é? Mas este tratamento resulta em uma água tão pura, que precisa receber tratamento adicional para o consumo humano. É indicado para hospitais, industria farmacêutica e similares. Empresas especializadas podem oferecer também tratamentos mais adequados ao uso residencial ou comercial, com elementos filtrantes diversos.   http://sersustentavel-bemviver.blogspot.com.br/2011/01/tratamento-alternativo-de-esgoto.html




Facebook
Facebook
Twitter
LinkedIn
Instagram