FENG SHUI – PARA INICIAR O ANO




– feng shui
Em diversas culturas, diferentes atitudes são empregadas para a limpeza energética dos ambientes, desde colocar sal grosso nos cantos, por sua propriedade de absorver energias negativas, queimar incensos, aspergir água benta e por aí vai.
Os índios americanos gostam de tocar tambores e deixar objetos que produzam sons em locais que consideram que a energia esteja “ruim”. Agitar uma pena de águia pelo local também ajuda a limpar as energias.
O Feng-Shui, a técnica milenar chinesa, já é muito divulgada e badalada por aqui. Segundo esta corrente de pensamento, estabelecendo uma relação yin/yang, os ideogramas Feng e Shui,(respectivamente Vento – yang – e Água – yin -) representariam o conhecimento das forças necessárias para conservar as influências positivas que supostamente estariam presentes em um espaço e redirecionar as negativas de modo a beneficiar seus usuários. 
A circulação da energia é o que importa realmente e não propriamente a sua “qualidade”. Lugares que a aprisionam acabam estagnando seus benefícios.

Em Hong-Kong prédios enormes são construídos levando em consideração estas influências.
 
No final das contas, todos falam da circulação, do movimento. Como água ou sangue, símbolos de vida, a energia quando parada deteriora-se.
 
Então, vamos colocar em prática o que nossos ancestrais já sabiam,principalmente no começo do ano: arrumar tudo, limpar, jogar coisas que já não tem valor fora. 
Desde a carteira de dinheiro, passando pela casa, nossas roupas, o freezer e nossa vida. Recirculação geral de energias.
 
Vamos relembrar algumas dicas de feng-shui, afinal os chineses são um povo antiquíssimo e estão bombando novamente no mundo. Devem saber das coisas,né?
 
E depois alguns ambientes com sensação de equilíbrio e bem estar.
O Baguá, que define as áreas energéticas da casa: a parte TRABALHO deve ficar alinhada com a porta de entrada da casa.
 
 
 

O banheiro (energia água), representa a regeneração energética, a limpeza, a higiene do nosso corpo. Deve ser eficiente e muito limpo

 

 

A cozinha (energia arvore), representa a gestão da energia e da vida. Deve ser orgânica, fresca e com vitalidade. 

 

A sala de estar (energia fogo), representa a festa, o convívio entre os membros da família ou entre estes e seus amigos, Deve ser espaçosa, dinâmica e ativa.

 

 

 

 

O quarto (energia metal) representa o descanso. Deve ser minimalista, suave e simples.

 

 

As cores no FENG-SHUI são de grande importância:

Azul e verde estimulam a sorte, o crescimento, a expansão e a criatividade.
Vermelho e púrpura ativam o sucesso, o reconhecimento, a paixão e a vida social
Amarelo e o castanho aumentam a segurança, o conforto, a sabedoria.
Branco representa o poder, o respeito, a responsabilidade e a competitividade
Negro favorece a elegância e a flexibilidade.

AZUL E AMARELO EQUILIBRAM O VIBRANTE
E O CALMO

 

BRANCO, DETALHES EM VERMELHO (QUENTE) E AZUL (FRIO)
TEXTURAS DIFERENTES COMO A MADEIRA, O TAPETE E A LUMINÁRIA.
ASSIM COMO FORMAS QUADRADAS E REDONDAS.
OLHA QUANTA COISA PARECENDO TÃO POUCO!

 

COLORIDO DE ARCO-ÍRIS SOBRE BASE BRANCA

 

LARANJA E VERMELHO
CORES DIAMETRALMENTE OPOSTAS QUE SE COMPLEMENTAM
ATÉ OS QUADROS FAZEM UM JOGO ÓTICO.




Curta As Arquitetas no Facebook