CASA COR RJ 2015 – ESCRITÓRIO DA GALERISTA E HOME OFFICE DA DESIGNER




Visita à Casa Cor – Acompanhe vendo os posts anteriores – As Arquitetas , As Arquitetas 2As Arquitetas 3As Arquitetas 4 , As Arquitetas 5, As Arquitetas 6

ESCRITÓRIO DA GALERISTA – FRANCISCO VIANA E GUIDO SANT’ANNA

CHICO VIANA_GUIDO-ESCRIT+ôRIO DA GALERISTA (3)

Foto de André Nazareth

 

Francisco Viana se une neste Casa Cor Rio a Guido Sant’Anna para criar Escritório da Galerista. É um espaço informal,  capaz de atender a diversos usos, combinando trabalho e descontração. Com muita elegância, clássico e contemporâneo, peças de antiquário e alta tecnologia se combinam sem conflitos.
A base cromática é neutra, com acento em notas cítricas, serve de fundo para obras de arte de Nelson Leirner, Miguel Rio Branco, Carlito Carvalhosa e Waltércio Caldas , com curadoria de Sílvia Cintra. No mobiliário, uma mesa francesa do século 19 e duas cadeiras portuguesas do início do século 20, do Antiquário Arnaldo Danemberg, estante Code de Jader Almeida, poltrona Presidencial de Jorge Zalszupin e mesa de centro Arcos, de Ricardo Fasanello, todos do Arquivo Contemporâneo.
Iluminação de Maneco Quinderé e as instalações de som, o “som invisível”, da High End, com caixas camufladas embutidas no teto e nas paredes. O paisagismo é de Raphael Costa Bastos.

estar 1

Foto de Camila Marandino

estar 2

Foto de Camila Marandino

CHICO VIANA_GUIDO-ESCRIT+ôRIO DA GALERISTA (2)

Foto de André Nazareth

CHICO VIANA_GUIDO-ESCRIT+ôRIO DA GALERISTA (1)

Foto de André Nazareth

escrivaninha

Foto de Camila Marandino

escrivaninha 2

Foto de Camila Marandino

page detalhes

Foto de Camila Marandino

 

HOME OFFICE DA DESIGNER – GUILHERME OSBORNE E CLAUDIA SOUZA SANTOS

GUILHERME OSBORNE_CLAUDIA SOUZA SANTOS-HOME OFFICE DA DESIGNER (2)

Foto de André Nazareth

 

Tendência (ou consequência) da vida em grandes metrópoles, o projeto do home office da designer busca reunir o trabalhar e o morar no mesmo ambiente, sem contradições. Sendo pensado para uma designer de bolsas, o couro também está presente na decoração. A marcenaria é clara e contrasta com a pedra, a madeira rústica, o acrílico e o aço corten. Para a paleta de cores foram escolhidos o aqua (lindo), o bege e o laranja, sobre base branca. Entre os destaques do mobiliário, o tampo da mesa feito com pedaços de madeira de demolição de castelos franceses e as luminárias cimentícias criadas por Guilherme e Cláudia especialmente para a mostra.
As obras de arte são da Galeria Sérgio Gonçalves, com fotos de EneGoes e Bernard Pras, aquarelas de Felipe Barbosa e o trabalho de latas e materiais reciclados de Raimundo Rodrigues. Paisagismo de Fernando Acylino, com cachepôs de madeira pintados.

estar 1

Foto de Camila Marandino

gaveteiro

Foto de Camila Marandino

sofas

Foto de Camila Marandino

luminarias de cimento

Foto de Camila Marandino

pagian 1

Foto de André Nazareth

pagian 2

Foto de André Nazareth




Curta As Arquitetas no Facebook